Apae arrecada 300 cestas básicas para alunos em São José

Presidente da Associação de Pais e Amigos Dos Excepcionais explica que ideia da arrecadação de cestas básicas surgiu a partir dos professores, que viram necessidade dos estudantes. Assistentes sociais organizam as doações da Apae São José dos Campos para entrega das cestas em junho Arquivo Pessoal A Associação de Pais e Amigos Dos Excepcionais (Apae) de São José dos Campos arrecadou 300 cestas básicas que serão distribuídas a 300 alunos assistidos pela entidade. A ideia de buscar doações surgiu das professoras. No relacionamento virtual com os alunos, iniciado com a pandemia do coronavírus, elas passaram a acompanhar as dificuldades. "As professoras estão virtualmente nas casas dos assistidos. Seja numa conversa por celular, seja numa atividade online. Então elas nos passaram essa dificuldade dos alunos nessa crise. Que é uma dificuldade muito grande", explicou Vera Marcondes Buffulin, presidente da Apae de São José. MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Saiba tudo sobre o novo Coronavírus Veja as principais notícias sobre o coronavírus na região Mapa mostra onde há casos confirmados de coronavírus no Vale e região bragantina A entidade é filantrópica e atua para promover a atenção integral à pessoa com deficiência intelectual e múltipla. Há trabalhos nas áreas de saúde, educação, assistência social e capacitação. Em São José dos Campos, conta com uma equipe de 60 funcionários. Entre os assistidos, há bebês, crianças e adultos. No começo de junho, os 300 assistidos irão até a Apae para fazer a retirada de material didático para aulas durante a quarentena. Na retirada, além do material, receberão as cestas básicas. "Também estamos recebendo doações em dinheiro. E essas doações são transformadas em cestas. Aproveito para agradecer ao nosso grupo de amigas de São José dos Campos que sempre nos ajuda. É uma rede de amor. Sou voluntária há 35 anos da entidade e nunca vi uma ação tão linda. O espírito da solidariedade está mais forte neste momento", acrescentou a presidente. Outras informações sobre doações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3936-2084. Initial plugin text

Apae arrecada 300 cestas básicas para alunos em São José

Presidente da Associação de Pais e Amigos Dos Excepcionais explica que ideia da arrecadação de cestas básicas surgiu a partir dos professores, que viram necessidade dos estudantes. Assistentes sociais organizam as doações da Apae São José dos Campos para entrega das cestas em junho Arquivo Pessoal A Associação de Pais e Amigos Dos Excepcionais (Apae) de São José dos Campos arrecadou 300 cestas básicas que serão distribuídas a 300 alunos assistidos pela entidade. A ideia de buscar doações surgiu das professoras. No relacionamento virtual com os alunos, iniciado com a pandemia do coronavírus, elas passaram a acompanhar as dificuldades. "As professoras estão virtualmente nas casas dos assistidos. Seja numa conversa por celular, seja numa atividade online. Então elas nos passaram essa dificuldade dos alunos nessa crise. Que é uma dificuldade muito grande", explicou Vera Marcondes Buffulin, presidente da Apae de São José. MAPA DO CORONAVÍRUS: as cidades com infectados e o avanço dos casos Saiba tudo sobre o novo Coronavírus Veja as principais notícias sobre o coronavírus na região Mapa mostra onde há casos confirmados de coronavírus no Vale e região bragantina A entidade é filantrópica e atua para promover a atenção integral à pessoa com deficiência intelectual e múltipla. Há trabalhos nas áreas de saúde, educação, assistência social e capacitação. Em São José dos Campos, conta com uma equipe de 60 funcionários. Entre os assistidos, há bebês, crianças e adultos. No começo de junho, os 300 assistidos irão até a Apae para fazer a retirada de material didático para aulas durante a quarentena. Na retirada, além do material, receberão as cestas básicas. "Também estamos recebendo doações em dinheiro. E essas doações são transformadas em cestas. Aproveito para agradecer ao nosso grupo de amigas de São José dos Campos que sempre nos ajuda. É uma rede de amor. Sou voluntária há 35 anos da entidade e nunca vi uma ação tão linda. O espírito da solidariedade está mais forte neste momento", acrescentou a presidente. Outras informações sobre doações podem ser obtidas pelo telefone (12) 3936-2084. Initial plugin text