Plano de retomada da economia no Ceará será divulgado nesta quarta, diz secretário

Governo estuda quais setores vão reabrir e quais as fases da retomada econômica, a depender do controle da pandemia de Covid-19 no estado. O plano de reabertura da economia do Ceará deverá ser apresentada na manhã da próxima quarta-feira (27). A informação foi confirmada pelo secretário de desenvolvimento econômico e trabalho do Estado, Maia Júnior, em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Ceará. Segundo o titular da SDE, o governador Camilo Santana irá apresentar a versão final do projeto aos representantes dos setores econômicos ainda na noite desta terça-feira (26). "Vamos apresentar a versão final ainda hoje, às 19h, para os representantes da economia para que possam analisar e fazer alguma consideração. Se tudo for aprovado, o governador deverá apresentar amanhã pela manhã", disse Maia. Em live pelas redes sociais, o governador Camilo Santana confirmou a intenção de apresentar o plano amanhã, mas disse que isso poderia acontecer na quinta-feira (27) O secretário ainda destacou que, mesmo durante a pandemia cerca de 75% da economia cearense está operando normalmente, considerando o valor adicionado bruto dos negócios. "Temos hoje 75% da economia e 60% dos empregos operando normalmente. E boa parte desses 75% são serviços essenciais. Estamos planejando agora para reabrir os 25% da economia e os 40% dos empregos que estão parados", afirmou Maia. Categorias Questionado sobre o retorno dos profissionais liberais às atividades, Maia Júnior foi discreto e disse apenas que a categoria foi contemplada de forma considerável. Ele ainda recomendou que os profissionais já fossem se preparando para o retorno. "Eu só vou dizer que vocês podem ir esquentando os tamborins", afirmou. O plano de reabertura do Estado deverá ter 4 fases e durar pelo menos 56 dias. A cada etapa, de 14 dias, os especialistas da área da saúde farão o monitoramento dos índices de contaminação, internações e óbitos causados pelo novo coronavírus. Estabilização de casos de Covid-19 Governo estadual e a prefeitura da capital ressaltaram durante esta semana uma tendência de estabilização de casos na capital - apontada como consequência do lockdown - , e, ainda assim, fizeram apelos para que a população respeite o isolamento social. (veja na reportagem abaixo) O Ceará superou os 2,6 mil óbitos por Covid-19 e 36 mil casos da doença, de acordo com a plataforma IntegraSUS, da secretaria estadual da Saúde (Sesa). Fortaleza detém cerca de 65% dos casos do estado e 1,6 mortes. A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 46.745 e em todo o estado houve a recuperação de 20.526 pessoas. Os dados são passíveis de atualização diária. A tendência de redução de óbitos e atendimentos por covid-19 no Ceará Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text

Plano de retomada da economia no Ceará será divulgado nesta quarta, diz secretário

Governo estuda quais setores vão reabrir e quais as fases da retomada econômica, a depender do controle da pandemia de Covid-19 no estado. O plano de reabertura da economia do Ceará deverá ser apresentada na manhã da próxima quarta-feira (27). A informação foi confirmada pelo secretário de desenvolvimento econômico e trabalho do Estado, Maia Júnior, em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Ceará. Segundo o titular da SDE, o governador Camilo Santana irá apresentar a versão final do projeto aos representantes dos setores econômicos ainda na noite desta terça-feira (26). "Vamos apresentar a versão final ainda hoje, às 19h, para os representantes da economia para que possam analisar e fazer alguma consideração. Se tudo for aprovado, o governador deverá apresentar amanhã pela manhã", disse Maia. Em live pelas redes sociais, o governador Camilo Santana confirmou a intenção de apresentar o plano amanhã, mas disse que isso poderia acontecer na quinta-feira (27) O secretário ainda destacou que, mesmo durante a pandemia cerca de 75% da economia cearense está operando normalmente, considerando o valor adicionado bruto dos negócios. "Temos hoje 75% da economia e 60% dos empregos operando normalmente. E boa parte desses 75% são serviços essenciais. Estamos planejando agora para reabrir os 25% da economia e os 40% dos empregos que estão parados", afirmou Maia. Categorias Questionado sobre o retorno dos profissionais liberais às atividades, Maia Júnior foi discreto e disse apenas que a categoria foi contemplada de forma considerável. Ele ainda recomendou que os profissionais já fossem se preparando para o retorno. "Eu só vou dizer que vocês podem ir esquentando os tamborins", afirmou. O plano de reabertura do Estado deverá ter 4 fases e durar pelo menos 56 dias. A cada etapa, de 14 dias, os especialistas da área da saúde farão o monitoramento dos índices de contaminação, internações e óbitos causados pelo novo coronavírus. Estabilização de casos de Covid-19 Governo estadual e a prefeitura da capital ressaltaram durante esta semana uma tendência de estabilização de casos na capital - apontada como consequência do lockdown - , e, ainda assim, fizeram apelos para que a população respeite o isolamento social. (veja na reportagem abaixo) O Ceará superou os 2,6 mil óbitos por Covid-19 e 36 mil casos da doença, de acordo com a plataforma IntegraSUS, da secretaria estadual da Saúde (Sesa). Fortaleza detém cerca de 65% dos casos do estado e 1,6 mortes. A quantidade de casos investigados do novo coronavírus (SARS-CoV-2) é de 46.745 e em todo o estado houve a recuperação de 20.526 pessoas. Os dados são passíveis de atualização diária. A tendência de redução de óbitos e atendimentos por covid-19 no Ceará Coronavírus: infográfico mostra principais sintomas da doença Foto: Infografia/G1 Initial plugin text